O mentor, o herói e as influências

Matricule-se agora
2 x de R$ 85,00 ou R$ 170,00 à vista
  • O mentor, o herói e as influências
    • O mentor, o herói e as influências

Descrição do curso

Quanto tempo leva para a ideia do outro se tornar a sua?

“Eu aprendi que as pessoas vão esquecer o que você falou, vão esquecer o que você fez, mas jamais vão esquecer como você fez elas se sentirem.” Como se em resposta à escritora e poetisa Maya Angelou, o compositor e embaixador do jazz Wynton Marsalis, indagado sobre a decisão de ser músico, falou: “Eu queria saber se seria possível fazer alguém sentir o que eu senti ao ouvir John Coltrane tocar.” Ambos estavam se referindo à faísca que acende o fogo de profunda motivação em um criador iniciando a sua longa caminhada em direção à excelência.


Ninguém jamais teve uma ideia que ninguém mais teve. Criatividade não funciona assim. Contribuições criativas são lentas e incrementais, construídas em cima de conquistas passadas e fruto de grandes investimentos dos seus autores. São consequências de um diálogo entre o passado e possíveis futuros. Evolução criativa e evolução Darwiniana tem algo em comum. Não houve um único momento em que um animal de repente levantou-se e começou a andar em duas patas e, nem na história de criatividade, grandes obras surgiram do nada. Nada surge do nada. Tudo vem de algo. Não é à toa que mentores, heróis e influências têm um importante papel na formação do criador.

Metodologia:

Esta palestra interativa repleta de textos, entrevistas e ilustrações examina o relacionamento entre criadores de renome e os seus mentores, heróis e influências. Keith Richards com Elvis Presley, Elon Musk com Neil Armstrong, Billy Connolly com Bob Dylan, Phillip Glass com Nadia Boulanger e Ravi Shankar, Bill Gates com Richard Feynman, Michael Jackson com Fred Astaire, Ticiano com Giorgione, Manet com Ticiano, entre muitos outros. 


Categoria: Palestras

Comece agora

Matricule-se agora
2 x de R$ 85,00 ou R$ 170,00 à vista
Cw onlie palestras omentor pc 37